Por Luiz Henrique de Oliveira

O empresário Lourival Donizete Villas Boas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta sexta-feira (9) no Hospital São José, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Ele foi baleado na noite da última quarta-feira (7) por Edmar Pereira dos Santos, de 41 anos, ex-marido de sua então atual companheira, Leidiane Miotto, de 34 anos.

namoradofora

Villas Boas morreu nesta sexta-feira (Foto: Reprodução Facebook)

Na mesma situação, Edmar atirou contra a própria cabeça e se matou. Leidiane chegou a ser socorrida ao hospital, porém não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. O crime aconteceu dentro da loja dela, “A Brasileira”, que fica ao lado do terminal de ônibus, na Av. Rui Barbosa.

De acordo com o tenente Gantzel, Santos foi até a loja ainda à tarde e prometeu que voltaria para matar a ex e o namorado.

“A princípio, conforme relataram alguns funcionários, ele foi até a loja dela à tarde para ameaçá-la. Ele disse que ia matá-la, mas ela não levou a sério e não acionou a Polícia Militar (PM) e nem um órgão de segurança. À noite, ele retornou na loja, fez mais ameaças, saiu comprar um espetinho e voltou armado”, descreveu o tenente à Banda B no dia do crime.

Leidiane morreu no hospital na madrugada de quinta-feira (Foto: Reprodução Facebook)

Por volta das 19h30, Santos atirou quatro vezes contra Villas Boas, duas vezes contra a ex-mulher e atirou contra a própria cabeça. O estabelecimento já estava fechado e os funcionários já tinham ido embora. O corpo de Santos foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). A Polícia Civil de São José dos Pinhais está no comando do caso.

Empresários

Villas Boas, assim como Lediane, era empresário na cidade da RMC. Ele era diretor da empresa Requinte Placas, Troféu e Comunicação Visual. A morte dele gera inúmeras mensagens de luto nas redes sociais. Ainda não há informação sobre o local do sepultamento.

Notícias Relacionadas:

Ex-marido inconformado, mata empresária dentro de loja, atira no atual namorado e se suicida