Um homem de 35 anos foi encontrado morto no final da tarde da última sexta-feira (19) enquanto a Polícia Civil procurava por um suposto cemitério clandestino no bairro Caximba, em Curitiba. A vítima, Adaílton Souza da Luz, 35 anos, estava com alguns galhos cobrindo o seu corpo.

De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, o trabalho de investigação da Delegacia de Homicídios indicava que poderia haver um cemitério clandestino no local e, na busca pelos corpos enterrados, acabaram encontrando outro corpo. “Assim que chegamos ao local, uma senhora já nos pediu para ir até um lugar e encontramos o corpo. Informações preliminares nos dão conta de que este rapaz seria um traficante de drogas”, disse.

Segundo o delegado, a região do Caximba está muito complicada nos últimos meses. “O que sabemos é que no bairro têm surgido alguns matadores, uns são presos, outros morrem e eles tomam a propriedade do outro de forma ilegal”, concluiu.

Desconhecido

Outro corpo vítima de assassinato no bairro Caximba, desta vez na manhã de sábado (20). Harisson Tibério de Souza Gama morreu com dois tiros no rosto. O jovem tinha uma tatuagem no braço direito, usava calça jeans, tênis cinza e um colete de nylon preto. De acordo com a tenente Baldan, do 13° Batalhão da Polícia Militar, como o corpo estava às margens da Estrada de acesso ao antigo aterro, ninguém disse ter presenciado o crime.