Uma situação inusitada aconteceu durante o atendimento a um acidente na tarde de ontem na PR-423 em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. Uma mulher não identificada chegou ao local, em que Adimael Moreira da Silva, de 60 anos, morreu, e Maria Moreira do Nascimento, de 40, ficou ferida, e disse ser parente dos dois. Ela garantiu que as vítimas eram seu tio e irmã, com a intenção de roubar o dinheiro da carteira de Adimael.

Aos policiais rodoviárias estaduais, esta mulher chegou a mentir que o nome da vítima era Antônio. A carteira dele foi levada e até o momento não foi encontrada. Parentes de Adimael dizem não conhecer Maria Moreira. Eles acreditam que a ladra era conhecida da moça ferida e usou isto para fugir com o dinheiro, já que a vítima fatal havia acabado de receber o pagamento e estava com um montante na carteira.

O corpo de Adimael foi enterrado nesta quarta-feira (8) em Campo Largo. Maria Moreira segue internada no Hospital Nossa Senhora do Rocio.