Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

ACUSADO

Christoni segue foragido (Foto: Divulgação Polícia Civil)

Morreu durante este domingo (1°) no Hospital Evangélico, em Curitiba, a mulher de 40 anos que foi queimada pelo ex-marido Eusébio Christoni, de 45 anos, na Planta Deodoro, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. O caso aconteceu no último dia 19 e uma menina de 12 anos, enteada do suspeito, também teve ferimentos. Ela segue internada no Evangélico.

A Delegacia de Piraquara investiga o caso e tenta prender Christoni, que segue foragido. No dia do crime, ele invadiu a residência da mulher em um conjunto de prédios e usando um coquetel caseiro ateou fogo nela e na garota. O suspeito chegou a ser perseguido por moradores no condomínio, mas não foi capturado.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Christoni pode procurar a Delegacia de Piraquara pelo telefone: 35901200.

Notícia Relacionada:

Homem ateia fogo na ex-mulher e na enteada de 12 anos que tinha tentado estuprar