Um latrocínio (roubo seguido de morte) no final da noite deste domingo (20) é investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba (DFRV). Viviana Aparecida de Oliveira Silva, de 48 anos, voltava do casamento da filha, que sempre sonhou ver, quando foi baleada depois de não entregar o carro que guiava a dois bandidos armados, na Cidade Industrial de Curitiba.

Segundo a polícia, o caso aconteceu por volta das 22h, quando Viviana, ao lado do marido, voltava da festa de casamento em um Classe A. No cruzamento da rua Eduardo Sprada com a avenida Juscelino Kubitschekde Oliveira, dois homens armados deram voz de assalto. Viviana teria resistido à abordagem e foi baleada. O marido dela nada sofreu.

A mulher chegou a ser encaminhada com vida ao Hospital do Trabalhador, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A DFRV busca informações sobre os bandidos para dar uma resposta sobre o bárbaro crime.