Juliano Cunha/Banda B
A traficante estava com pedras de crack com um total de quase 70 pedras de crack

A bicicleta não estava sendo usada apenas para o bem-estar de Michele Ramos de Brito, 30 anos. Além de se exercitar, ela usava ‘a magrela’ para distribuir e arrecadar dinheiro tráfico. Mas o comércio foi interrompido na noite deste domingo (17) pela Guarda Municipal de Curitiba.

Juliano Cunha/Banda B
Detida já esteve presa por assalto

Em patrulhamento pelo local, Michele estava sendo observada há alguns dias. Ontem, por volta das 22h, ela foi flagrada na rua Riachuelo, esquina com a Rua São Francisco, no centro de Curitiba, quando entregava a droga para alguns usuários que estavam próximos.

A guarda apreendeu 20 pedras de crack e outra peça grande, que poderia render cerca de 50 pedras a mais. De acordo com o guarda municipal, Elian Silva, a traficante usava uma bicicleta para chamar os compradores e sair da área monitorada por câmeras, quando fazia a entrega da droga.

“A gente estava monitorando essa mulher nas câmeras de segurança. Estávamos vendo a movimentação e suspeitamos de algo. Deu pra ver que quando ela se aproximava dos usuários e eles iam atrás dela”, disse o guarda. Michele, que já esteve presa por assalto, foi encaminhada ao 1° Distrito Policial e autuada em flagrante por tráfico de drogas.