Corpo foi encontrado nesta manhã (Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

 

A mulher encontrada morta nua e com sinais de uma possível violência sexual no bairro Campo de Santana, no limite com o Tatuquara, no início da manhã deste domingo (13), foi identificada no Instituto Médico Legal de Curitiba. Trata-se de Mayara Cristina Alves, de 25 anos, que até o momento não tinha alerta de desaparecimento. A identificação foi possível por meio de um confronto de impressões digitais.

O corpo foi encontrado na beira da rua por moradores, que chamaram a Polícia Militar (PM). “Durante o noite os cães latiram, mas não desconfiamos de nada. Hoje, ao amanhecer, encontramos o corpo ali. Uma situação horrível”, disse um morador, que não quis se identificar.

No local do crime, a Banda B conversou com o investigador Lima, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). “O corpo foi desovado aqui. Ela está nua e as vestes ao lado do corpo. Há um hematoma no olho, corte no supercílio e mordida em ambos os seios. É bem possível que tenha havido uma violência sexual, em seguida o homicídio”, explicou.

A DHPP investiga o caso. Com a identificação, será possível avançar na motivação do crime.

Identificação da vítima, de acordo com o IML