Por Luiz Henrique de Oliveira e Flavia Barros

Uma mulher de 40 anos foi encontrada morta dentro de um carrinho de recicláveis no bairro Portão, em Curitiba, no início da tarde desta quarta-feira (24). Moradores da Rua Manoel Gustavo Schier chamaram a Polícia Militar (PM) depois de suspeitar do tempo em que o objeto estava no mesmo local.

portao

Caso é tratado como um assassinato (Foto: Flávia Barros – Banda B)

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada por se tratar de um possível caso de assassinato. O que chamou a atenção da Banda B, como pode ser visto no vídeo abaixo, é que um dos cachorros de Angela Regiane Guimarães só saiu de cima do corpo depois da chegada dos policiais, que tiveram que retirá-lo.

Uma moradora da região confirmou que a mulher costumava catar recicláveis na região. “Ela sempre passava por aqui com os cachorrinhos dela. Uma época ela tinha quatro, outra hora dois e agora estava apenas um cão que deitou sobre o corpo dela. Ela preferia dar comida para os cachorros do que comer”, explicou à Banda B.

Investigações

No local, o delegado Erick Vermelinguer, da DHPP, contou que a vítima foi morta com golpes de faca.  “Foi constatado aqui um crime de homicídio. Ela tem quatro perfurações de faca e a arma do crime estava enterrada dentro do próprio carrinho. Parece que ela foi vista dias antes discutindo com outra pessoa aqui na região”, explicou.

O delegado também falou sobre a possibilidade do crime ter a droga como motivação. “Algumas pessoas disseram que ela seria usuária de drogas e aqui é uma zona de tráfico, então existe a suspeita, mas ainda não temos nenhuma certeza”, disse.

Por fim, o delegado comentou o amor do cachorro para com a tutora.  “Ele permaneceu acompanhando o corpo ali do lado da maca, o tempo todo”, descreveu.

Assista abaixo o vídeo do momento em que o cachorro sai do carrinho, onde estava deitado sobre o corpo da tutora.