A lei do silêncio atrapalha o trabalho da polícia na investigação à agressão contra uma jovem de 23 anos que aconteceu no final da noite desta terça-feira (23) no bairro Boqueirão, em Curitiba. A mulher, identificada apenas como Caroline, levou socos na cabeça e uma facada no peito na esquina das ruas Anne Frank e Joaquim de Freitas.

Vários curiosos acompanharam o trabalho do Siate do Corpo de Bombeiros à vítima, mas ninguém quis se comprometer e falar sobre o caso. A jovem, em estado grave, foi socorrida ao Hospital Cajuru. O médico André Almeida, que atendeu a vítima, falou sobre o caso à Banda B.

“A moça foi bastante agredida na região da cabeça e também levou uma facada. Apesar das lesões serem graves, a mulher está estável e respira sem problemas. Vamos encaminhá-la com segurança ao hospital, mas seu estado é grave”, afirmou Almeida.

A Polícia Civil, mesmo que quase sem informações, tenta prender o autor das agressões.