Por Felipe Ribeiro e Danaê Bubalo

Os ciúmes de um homem pode ter motivado uma tentativa brutal de assassinato contra a esposa na noite do último domingo (4) em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Após chegar em casa aparentemente embriagado, o marido de 30 anos banhou a mulher com gasolina e ateou fogo, ficando também ferido pela explosão. Nesta sexta-feira (9), ela seguia internada no Hospital Evangélico, que é referência em tratamento de queimados, e corria risco de morte.

De acordo com a delegada Selma Regina Braga, da Delegacia da Mulher de São José dos Pinhais, a vítima já havia registrado um boletim de ocorrência contra o marido após a separação, mas eles decidiram voltar a morar juntos há cerca de um mês. “Pelo que percebemos nas investigações, a discussão ocorreu na noite de domingo para segunda. Ele discute com ela, a encharca de gasolina e ateia fogo. A vítima passou por cirurgia por ter ficado desconfigurada e pela inalação de fumaça tóxica”, disse.

A delegada Selma Braga lembrou comentou ainda que o casal tem um filho de dois anos e destacou a maneira fria com que ele agiu. “Quando a pessoa encharca de gasolina, ela ainda pode se arrepender, que não foi o que ocorreu”, lamentou.

Após a ocorrência, a delegada pediu a prisão preventiva do marido, que deve ser encaminhado para a delegacia assim que levar alta. O inquérito policial agora está aos cuidados da Delegacia de Piraquara, município onde a situação aconteceu.