Por Felipe Ribeiro

O desaparecimento de uma mulher de 29 anos, que sofre com transtorno bipolar, vem preocupando uma família do Bairro Alto, em Curitiba. Erica Rabel desapareceu na tarde do dia 4 de julho, mesma tarde em que Brasil e Colômbia se enfrentaram pela Copa do Mundo, mas até esta quarta-feira (6) praticamente nenhuma pista do paradeiro dela chegou até eles ou até a polícia.

desaparecidabipolar

Foto: Reprodução

De acordo com a irmã, Vera Rabel, Erica foi vista pela última vez na casa dos pais, que fica localizada próximo ao Terminal do Bairro Alto, mas desde então nenhuma nova pista chegou até eles. “Ela sofre do transtorno desde os 12 anos de idade, minha mãe ainda tentou impedir com que ela fugisse, mas não conseguiu. Ela estava bem transtornada antes da fuga. Chegamos a tentar interná-la pelo SUS, mas não conseguimos”, disse.

Desde a terça-feira, dia 5 de agosto, Vera iniciou uma busca própria e chegou a ir ao Terminal Guadalupe para tentar encontrar a irmã, mas nada conseguiu. “Não fazemos a menor ideia onde ela pode ter ido, umas pessoas comentaram que podem ter visto ela em Colombo, mas nada concreto”, concluiu.

Quem tiver qualquer informação que possa levar à Erica pode entrar em contato pelos telefones 3319-6977 e 9718-2259 ou com a Divisão de Vigilâncias e Capturas: 3219-9700.