Denise Mello e Juliano Cunha

Um jovem de 24 anos foi baleado e morto em frente a uma academia de ginástica no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (19). Para se vingar, o irmão da vítima usou um carro para atropelar o atirador e, em seguida, capotou o veículo. Ele foi socorrido, mas morreu no hospital.

A sequência de ações aconteceu por volta das 21h45 em frente a uma academia localizada na Avenida Izac Ferreira da Cruz. Jeferson Leite, de 24 anos, foi executado com pelo menos sete tiros quando saía do local. Testemunhas informaram que o irmão dele, que viu a execução, perseguiu de carro o atirador e o atropelou a menos de 50 metros do local em que o crime aconteceu. Depois de atropelar o suspeito, o carro que ele conduzia, um Peugeot Hoggar, capotou e o motorista fugiu do local.

O homem, que supostamente seria o assassinado de Jeferson, foi socorrido em estado grave  e encaminhado ao Hospital do Trabalhador pelo Siate. Horas depois ele morreu não apenas em razão do atropelamento, mas também porque tinha uma bala no corpo. A polícia acredita que o irmão de Jeferson, além de atropelar o assassino do irmão, também atirou nele. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, mas até o fechamento da reportagem não havia sido identificado.

Ninguém da Polícia Militar falou sobre o caso, e também não há a informação se a arma utilizada pelo atirador foi localizada e nem a motivação da execução. A Delegacia de Homicídios investiga o caso.