Um jovem de 25 anos foi preso por uma equipe da RONE, do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar, na noite desta quinta-feira, no bairro Santa Cândida, em Curitiba. O detido era passageiro do aplicativo Uber e foi abordado depois do motorista suspeitar dele.

Com medo de ser assaltado, o condutor deu luz alta ao ver uma viatura da Rone. Os policiais pararam e encontraram drogas com o passageiro. O tenente coronel Hudson, comandante do BOPE, falou à Banda B sobre a prisão feita nesta noite.

“O motorista de nossa viatura percebeu o sinal de luz e fizemos a abordagem. Com o passageiro localizamos mais de 150 pedras de crack, que seriam trazidas ao Centro de Curitiba”, contou Hudson.

O tenente coronel ainda orientou os motoristas de aplicativos sobre o que fazer para diminuir situações como essas.

“Gestos como sinal de luz e mão para fora de veículo são comuns para avisar os policiais, mas é necessário uma reunião para que esse tipo de aviso seja organizado entre os motoristas e a polícia”, opinou o policial.

Preso em flagrante, o passageiro responderá por tráfico de drogas.