Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

(Fotos: Polícia Militar/Banda B)

Uma sucessão de acontecimentos na madrugada deste domingo (3) deixou um garoto de 13 anos em estado gravíssimo na BR-376, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O carro que ela estava foi colhido lateralmente por um Fiat Uno, que perseguia um trio armado em um terceiro veículo. O menino foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba, e corre risco de morte. Outros passageiros não ficaram feridos gravemente.

O acidente aconteceu por volta da 1h30 na altura da PUCPR, próximo ao Contorno Sul. A vítima grave estava em um veículo Celta, junto com os outros passageiros e também duas crianças, quando o carro foi atingido por um Fiat Uno. Não há informações se a vítima estava usando cinto de segurança. Outras crianças, de 7 e de 11 anos, tiveram ferimentos leves, mas foram levadas ao Hospital Evangélico, em Curitiba. Três adultos de 28, 34 e 39 anos foram levados ao Hospital São José e passam bem.

De acordo com o motorista do Fiat Uno, ele perseguia um trio que estava em um carro Corsa, que seguia sentido São Marcos. Dentro desse carro, os três homens teriam efetuado tiros contra o cunhado do motorista, Antônio Singer, no bairro Campo Largo da Roseira. Testemunhas confirmaram que ele teria avançado o sinal vermelho e atingido violentamente a lateral do Celta.

O garoto foi atendido por socorristas do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e também da concessionária Litoral Sul. Ele foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador com hematomas graves na cabeça. De acordo com o último boletim informado pelo hospital, o garoto deve passar por uma cirurgia. O estado de saúde é gravíssimo e ele corre risco de morte.