Vizinhos da região do Santa Amélia, no bairro Fazendinha, em Curitiba, ficaram bastante assustados com um homicídio registrado na noite desta terça-feira (12). Um homem de 63 anos foi morto a tiros quando chegava em casa com um veículo EcoSport. Joaquim Roberto Justino foi ferido diversas vezes e não resistiu. A polícia investiga se a vítima tinha envolvimento com agiotagem – empréstimo de dinheiro a juros superiores à taxa legal.

De acordo com a polícia, o homem chegava em casa, na Avenida Frederico Lambertucci, quase esquina com a rua Pedro Floriano Sobrinho, quando foi abordado pelos assassinos. O tenente Tiago, do 1º Grupamento do Corpo de Bombeiros, disse que o socorro chegou rápido, mas o homem já estava morto.

“Ele já estava morto quando chegamos, o veículo estava fechado, mas tinham muitas marcas de tiro. Contamos mais de dez disparos, que atingiram a cabeça e o tórax, principalmente. Ele era agiota na região, é a informação que estão passando para a polícia é que era agiota”, contou à Banda B.

A família falou com a polícia de maneira informal. Investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local e deram início ao trabalho de mapeamento de suspeitos. A Polícia Científica esteve no local e afirmou que os disparos foram efetuados de pistola 9 milímetros. O corpo dele foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML).