A vida amorosa de um motorista está longe de ter um final de feliz. Casado, mas apaixonado por outra mulher M.C.J., 36 anos, foi ferido por uma faca no braço na noite desta segunda-feira (28), no bairro Tatuquara, em Curitiba. A autoria dos golpes foi rigorosamente escondida pelo motorista, que depois de desabafos acabou confessando quem teria o ferido.

J. estava na rua Ismael de Almeida, nas Moradias Rio Bonito, perto da meia noite, quando foi agredido por um homem. “Levei uma facada e foi motivada por desafeto. Essa pessoa não gosta de mim e acabou fazendo isso. Só isso que posso falar”, disse o motorista. No entanto, durante a conversa e diante de alguns conselhos de pessoas próximas, ele decidiu desabafar. “Eu sou casado, mas eu tenho outra pessoa. E outro cara gosta desta mulher que eu estou, entendeu?”, revelou.

Diante da pergunta – então, você tem duas mulheres? – o motorista negou copiosamente. “Tenho uma só. Uma só, entendeu? Eu sou casado. Mas, tem uma outra mulher”, explicou. Ainda, durante o desabafo, ele revelou planos para o futuro. “É essa que eu amo mesmo é com ela que eu ia ficar, mas agora, sei lá”, disse.

O ferimento no braço do motorista foi superficial. Ele foi encaminhado ao Hospital Trabalhador e logo depois liberado depois dos procedimentos e curativos. Segundo o motorista, ele vai fazer um Boletim de Ocorrência contra o companheiro da amante. O autor da agressão não foi encontrado pela Polícia Militar (PM).