Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

Um homem de 40 anos foi morto com golpes de faca e de enxada na noite desta terça-feira (10) no bairro No Mundo, em Curitiba. Márcio de Jesus Oliveira foi agredido em frente à residência da família por volta das 20h10. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu durante o atendimento dos socorristas do Siate. O autor dos golpes não foi localizado. Antes do crime, Oliveira teria discutido com familiares.

Moradores da rua Estanislau Krowinski, na Vila Cubas, acionaram a Polícia Militar (PM) depois de ouvirem gritos de socorro da irmã da vítima, Marlene Oliveira. O homem estava sem camisa e bastante ferido. Ainda em choque com a morte do irmão, a irmã falou à Banda B. “Ele não tinha problema com ninguém. Ele era usuário, mas não tinha problema nenhum, ele era doente. Eu estava trabalhando e quando cheguei vi ele assim na frente da minha casa. Ele mora em uma casa aqui perto, ele estava fazendo curso de enfermeiro”, disse.

De acordo com informações do cabo Padilha, Oliveira teria se desentendido com algumas pessoas da família. “A informação que recebemos é que uma senhora estava pedindo por socorro dentro de uma residência. Quando chegamos lá, já fomos recebidos pela irmã da vítima. Ele estava respirando um pouco, mas logo morreu. Vamos checar mais detalhes sobre esse desentendimento”, explicou.

O Instituto de Criminalística esteve no local e constatou que Oliveira foi ferido nas costas com três perfurações. Próximo do corpo havia uma enxada e uma faca sujas de sangue. A Delegacia de Homicídios investiga o caso.