Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

Uma moradora da rua Antônio José Bonato, no bairro Ganchinho, em Curitiba, suspeitou de algo estranho ao ver um cobertor jogado em um terreno baldio na manhã deste domingo (27). A Polícia Militar (PM) foi acionada e descobriu que enrolado a esse cobertor estava o corpo de um homem, com os pés amarrados. Ele ainda não foi identificado.

Por volta das 6h30, a moradora que saia de casa viu o cobertor de cor vermelha nesse terreno baldio e acionou a polícia. Um homem com cerca de 25 a 30 anos estava morto e enrolado a esse cobertor. Ele estava com os pés amarrados e com 28 ferimentos de arma branca. Sem roupas, apenas de cueca, o homem foi levado ao local, provavelmente durante a madrugada, segundo os policiais militares. Pela brutalidade do crime, há possibilidade de a vítima ter sido morta em um acerto de contas. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

Números

Até a manhã de hoje, o IML tinha registrado 15 mortes violentas entre sábado e domingo. Deste total, cinco foram mortos por disparos de arma de fogo, quatro acidentes de trânsito, três ficaram na dependência de exames complementares, uma ossada, um afogamento e uma queda.