(Foto: Reprodução Street View)

 

Um morador de rua, de 31 anos, teve 60% do corpo queimado durante a madrugada desta quarta-feira (6) no Cemitério Central de Araucária, na região metropolitana de Curitiba. Ele foi socorrido em estado grave a ala de queimados do Hospital Evangélico, em Curitiba.

Segundo o coordenador da Guarda Municipal de Araucária, Eudes Carlos Ederman, uma equipe patrulhava pela região quando foi chamada por uma moradora de rua. “Ela nos procurou dizendo que um jovem estava embaixo da capela do cemitério central, todo cortado e queimado. O rapaz estava já sem roupas, com sangramento na face e o corpo muito queimado”, descreveu à Banda B.

Ainda de acordo com o coordenador, o morador não soube dizer se se queimou ou foi queimado. “Ele estava confuso e não soube dizer se foi agredido ou se queimou sozinho, porque fazia uso de velas. É um rapaz bem conhecido aqui da área central”, disse.

O estado de saúde do morador de rua é crítico. A Polícia Civil de Araucária investiga o caso.