Foto: Djalma Malaquias – Banda B

 

Menos de 15 horas após a morte de duas pessoas na região, um jovem de aproximadamente 25 anos foi assassinado a tiros no começo da tarde deste domingo (21) na Vila das Torres, em Curitiba. A região vive uma guerra de gangues já há algum tempo e a Polícia Militar foi chamada na noite de sábado (20) para conter uma intensa troca de tiros.

Na situação deste domingo, ninguém soube precisar o que aconteceu, mas moradores relataram ter ouvido uma rajada de aproximadamente 40 disparos. Ainda há uma informação de que os atiradores teriam fugido de carro.

Ainda não se sabe se a vítima integrava alguma das gangues que disputa o tráfico na região. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoas (DHPP) investiga o caso.

Noite de sábado

Na noite de sábado, Kerolyn Moreira de Oliveira, de 17 anos, morreu no portão de casa, mas ainda não há confirmação se foi atingida no confronto entre bandidos.

De acordo com o tenente Souza, das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), várias ligações foram feitas para a Polícia Militar relatando sobre pessoas baleadas, o que fez equipes irem até a região para procurar suspeitos. “Assim que chegamos ao local, tentamos localizar esses indivíduos e chegamos até uma rua com aglomeração de pessoas. Aguardamos, mas mesmo assim fomos recebidos a tiros. Um dos agressores tentou sacar uma arma de fogo próximo da equipe, mas acabou baleado na nossa reação”, comentou.

O nome do suspeito baleado e morto foi identificado como Wesley Alves Moreira. Um terceira pessoa ainda foi socorrida e encaminhada ao hospital.

Notícia Relacionada: