Por Denise Mello e Antonio Nascimento

O menino de três anos que atirou contra o próprio rosto neste domingo (1º), no bairro Guatupê, em São José dos Pinhais, corre o risco de ficar completamente cego. A informação foi repassada à Banda B pelo chefe de investigação da Delegacia do município, Edmilson Pereira. O menino pegou um revólver caseiro de chumbinho que o pai tinha em casa, foi até o porão com o irmão de seis anos e, imaginando se tratar de uma brincadeira, atirou contra si mesmo. O tiro acertou um dos olhos do garoto e, segundo o investigador, os médicos tentam agora salvar o outro olho.

“O menino já perdeu um dos olhos e pode perder a visão totalmente se os médicos não conseguirem salvar o outro olho. O pai foi autuado por posse ilegal de arma, mas a punição dele mesmo é conviver com essa tragédia para a vida toda. Vamos ver em que ele será enquadrado pelo delegado”, afirmou o investigador à Banda B.

O pai, que tem 26 anos e trabalha como eletricista, foi autuado em flagrante, pagou fiança e foi liberado. Foi ele que quem socorreu o filho e o levou até a uma Unidade de Saúde do município. Segundo a polícia, o jovem ficou em estado de choque com o acidente. Ele e a mãe dormiam na hora do acidente e ninguém viu que o menino pegar a arma. O irmão não ficou ferido.

O garoto está internado no Hospital Evangélico de Curitiba.