Morreu na noite de sábado (27) no Hospital Cajuru, em Curitiba, Amilton José Marques de Lima, baleado durante a tarde do mesmo dia pela esposa, uma policial militar identificada apenas como Márcia, soldado do Batalhão de Patrulha Escolar, no bairro Boqueirão, em Curitiba.

De acordo com o Boletim de Ocorrência do caso, a PM matou o marido por estar cansada das agressões que sofria. Depois do crime, ela se apresentou ao Quartel do Comando Geral da Polícia Militar. Márcia cometeu o crime a paisana e usou a arma da corporação.

Segundo o Boletim de Ocorrência, Amilton partiu para cima da esposa com uma marreta. Para se defender, a PM disparou três vezes contra ele. O rapaz foi socorrido pelo Siate e encaminhado ao hospital, onde não resistiu e morreu. O fato aconteceu na Rua Francisco Maurer. O caso é investigado pela Polícia Civil e também foi aberto um inquérito na corregedoria da Polícia Militar. A PM responde ao caso em liberdade.