Por Elizangela Jubanski e Ricardo Vieira

Três jovens armados foram detidos ao tentar realizar um arrastão dentro da linha Araucária/Portão, em Curitiba, na noite desta quarta-feira (31). Um deles foi baleado por um policial militar que retornava para casa e reagiu ao assalto. Passageiros assustados desceram do ônibus e aguardaram a chegada da viatura da Polícia Militar (PM).

O ônibus seguia sentido Terminal do Portão quando na altura da lombada eletrônica da rua João Bettega, próximo do cruzamento com a rua Carlos Klemtz, três jovens fizeram sinal, no ponto de ônibus. Assim que o trio embarcou se dividiu dentro do coletivo – um ordenou que o motorista não parasse, outro pediu dinheiro do caixa do cobrador, enquanto o último seguiu para os passageiros.

Nesse momento, o policial – que estava com um agasalho da PM – tentou se esconder para pegá-los de surpresa, mas foi visto por um deles. “Esse foi pra cima do policial, se ele não atira, o bandido ia atirar porque já estava apontado. Eu parei no meio da rua, quando ouvi o disparo cheguei a pensar que tivessem acertado algume passageiro ou até mesmo que eles tivessem conseguido desarmar o policial”, contou o motorista Paulo Augusto.

Houve correria e os passageiros desembarcaram para acionar a PM. O policial atirou contra um dos suspeitos, que ficou ferido no abdômen. Mesmo com o comparsa ferido, os dois assaltantes tentaram ir para cima do policial. O tenente Augusto, do 23º BPM, confirmou que todos foram detidos.

“Havia um policial que voltava para a sua residência dentro do ônibus quando ocorreu essa tentativa de assalto, os indivíduos não perceberam, a princípio, a presença do policial. Mas, quando eles estavam no meio do ônibus, o policial se manifestou e precisou fazer um disparo, apenas um foi baleado e os outros dois estão detidos”

Um é adolescente e será encaminhado a delegacia especializada. Os outros serão levados ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul). O ferido foi socorrido pelo Siate e encaminhado ao Hospital do Trabalhador. O nome dele oficial não tinha sido confirmado.