(Fotos: Reprodução/GM)

 

Um jovem de 23 anos foi agredido pela população após assaltar três pessoas em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na manhã deste sábado (12). O caso aconteceu na Rua José Dorneles, próximo ao Parque da Fonte.

Segundo o guarda municipal Flasmo, depois das agressões, o rapaz se disse arrependido de ter praticado os crimes. “Quando nós chegamos lá, o suspeito já estava detido e bastante machucado. As pessoas conseguiram desarmá-lo e ele acabou apanhando. Depois da prisão, ele agradeceu a nossa agilidade e disse que, se não fosse a gente, seria morto. Falou ainda que vai mudar de vida depois dessa”, contou ele em entrevista à Banda B.

Com o suspeito, a GM apreendeu um revólver calibre 32. Após ser detido, o jovem foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Afonso Pena, onde acabou sendo reconhecido por duas vítimas, que passaram mal após o assalto e precisaram ir até a emergência.

Depois de ser liberado da UPA, o homem foi encaminhado à delegacia de São José dos Pinhais, onde permanece à disposição da Justiça.

Caso parecido em Curitiba

Um homem foi detido por um policial do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) na noite desta sexta-feira (11), no Centro de Curitiba, também após apanhar da população. O PM tinha acabado de deixar o serviço e seguia para casa quando passou pela Rua Mariano Flores, perto da loja Cassol, e se deparou com muitas pessoas tentando linchar o rapaz.

No local, o policial foi informado que o suspeito havia cometido furtos e roubos na região central da cidade e acabou detido pela população. O PM, então, prendeu o homem e o encaminhou até a Central de Flagrantes.