Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

baleado-pinhais

Vítima está em estado grave e corre risco de morrer. Foto: DB/BandaB

O chamado no portão de casa na noite desta segunda-feira (11) em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, não fez Rafael Golendevievisck, 20 anos, desconfiar de nada. O jovem foi ferido com um disparos de arma de fogo na cabeça. Ele foi socorrido em estado grave e corre risco de morte.

O atentado aconteceu por volta das 22 horas na rua Tanagra. O atirador o chamou pelo nome no portão de casa e, ao sair, foi baleado. O suspeito fugiu e não há detalhes se ele estava sozinho ou na companhia de comparsas. A família não soube informar a possível motivação para o atentado.

“Quando chegamos no local a Polícia e a Guarda já estavam lá. A vítima tinha possibilidade de vida, então, fizemos tudo que possível para entregá-lo estável no hospital. Apenas um tiro acertou esse homem, que transfixou o crânio, bastante grave”, explicou o soldado Spagnhol.

Policiais militares do 22º BPM chegaram a notar a fuga de um homem, no momento em que realizavam patrulhamento na região. Até a madrugada eles tentavam descobrir o paradeiro dele. A vítima foi levada ao Hospital Cajuru, em Curitiba, e corre risco de morte.