Da Polícia Civil

Investigadores da Delegacia de Homicídios de Cascavel prenderam, na manhã desta terça-feira (4), a acusada Karina Vieira Bartholomeu, 20. O juiz da 3.ª Vara Criminal de Cascavel, Gustavo Hoffmann, decretou a prisão da jovem no final do mês passado. Os policiais civis ao tomarem conhecimento da determinação judicial, iniciaram os levantamentos e descobriram o endereço atual de Karina Bartholomeu.

ex-namorado

(Foto: Divulgação Polícia Civil)

De acordo com informações do delegado Pedro Fernandes de Oliveira, apesar de os investigadores trabalharem diretamente nos crimes relacionados a homicídios, o cumprimento de mandados de prisão, seja por qualquer ação delituosa, faz parte também das atribuições dos policiais da unidade.

Karina Vieira Bartholomeu deverá cumprir cinco anos e quatro meses de reclusão. Em agosto de 2011, ela participou do roubo a um taxista em Cascavel. Na companhia do namorado, a jovem manteve a vítima refém por duas horas. O taxista ainda foi agredido a marretadas, o que ocasionou lesões consideradas graves. O namorado de Karina, ao ser detido na época, confessou também o roubo a outro taxista.

Ao ser presa, a jovem se mostrou arrependida e disse que cometeu o crime numa época conturbada de sua vida. Questionada sobre o relacionamento com o rapaz, ela disse que nunca mais o viu.