Um crime passional choca os moradores do Bairro Alto, em Curitiba. Na noite deste sábado, Ana Carolina Afonso, de 18 anos, foi assassinada com três tiros pelo próprio marido, Éderson Carlos, de 20. Tudo aconteceu após o passeio em um parque que terminou em discussão. A informação inicial é de que a vítima estava grávida de três meses.

Éderson é considerado foragido. Segundo a mãe dele, que testemunhou tudo, depois de cometer o crime o rapaz fugiu em uma motocicleta. Antes, após perceber que Ana Carolina estava morta, Éderson se ajoelhou aos pés da garota pedindo para ela voltar, mas já era tarde, como contou o delegado Rubens Recalcatti, da Delegacia de Homicídios de Curitiba (DH). “Ela morreu na hora sem chance de atendimento. O crime aconteceu na casa em que eles moravam e ela de fato estava grávida”, contou.

De acordo com Recalcatti, o crime pode ter sido motivado por ciúmes. “Ainda são investigações preliminares, o que não temos dúvidas é que Éderson cometeu o crime. Eles passaram a tarde em um parque e quando voltaram de lá começaram a discutir sem parar. Sabemos que durante este passeio o marido viu ela conversando com outro rapaz e não gostou”, destacou o delegado.

A polícia tenta agora prender Éderson. “Ou ele aparece, ou vamos pedir sua prisão preventiva. Um crime brutal o qual queremos uma resposta imediata”, concluiu Recalcatti.