Juliano Cunha/Banda B
Mesmo com várias casas nas proximidades ninguém declarou à polícia ter testemunhado o crime

Uma pessoa, aparentemente jovem, foi encontrada morta depois de uma discussão durante a noite desta quinta-feira (21) na rua Tala Raul Miguel Elias, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Uma garrafa foi usada para ferir a vítima e depois o assassino jogou um pedaço de meio-fio na cabeça do rapaz. A vítima morreu antes da chegada do Siate ao local. Mesmo com várias casas nas proximidades ninguém declarou à polícia ter testemunhado o crime.

“Algumas pessoas se encontravam sempre nesta esquina, então provavelmente o crime foi praticado por três a quatro pessoas“, disse o tenente Osias da Polícia Militar.

Algumas pessoas que estavam no local disseram que pelas vestes da vítima, poderia ser um morador da região, de apelido Dindo. Ele não foi identificado oficialmente no local. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

Cidade Industrial

Reginaldo da Silva Souza, 28 anos, foragido da Colônia Penal Agrícola e condenado por assalto, foi morto a tiros no início da madrugada desta sexta-feira (22) em Curitiba. O crime aconteceu quando ele chegava em casa, na rua Dr. Levi Carneiro, na Vila Verde, Cidade Industrial, e foi abordado por três homens que chegaram em um Corsa Sedan.

Sem tempo de reagir, ele morreu com pelo menos sete tiros disparados por pistolas calibre 9 milímetros. A vítima estava com o irmão dele, que não foi ferido. O tenente Osias, do 23° Batalhão de Polícia Militar, disse que pelas características do crime e pela vida da vítima, pode ser um acerto de contas entre criminosos. “A vida dele é repleta de passagens e histórico de roubos. Ele era do crime”, finalizou.

Tatuquara

Um jovem que não portava documentos foi assassinado com pelo menos três tiros durante a noite desta quinta-feira (21) no bairro Tatuquara, em Curitiba. O crime foi registrado em uma praça, ao lado do Bosque Aníbal Cury, na rua Ernesto Germano Hannemann e, mesmo com muita gente no local, ninguém soube informar o que teria acontecido. O único detalhe ao lado do corpo era um capacete, o que indica que a vítima chegou ao local de moto.