Por Denise Mello e Flavia Barros

Fusca onde o corpo de Paiano foi encontrado – Foto: Banda B

Um jovem de 21 anos foi assassinado com cinco tiros na manhã deste sábado (28), em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Diego Paiano foi encontrado morto no banco do carona de um Fusca branco estacionado na Ruas das Laranjeiras.  Testemunhas contaram à Banda B que um motociclista emparelhou com o veículo e atirou várias vezes. Quando os socorristas chegaram, Paiano já estava morto.

Paiano foi morto com 5 tiros – Foto: cedida pela família

O crime aconteceu por volta das 9 horas. Uma testemunha, sem se identificar, contou o que viu. “Vi o Fusca descendo a rua e uma moto emparelhar ao lado.  Com o carro andando o motoqueiro começou a atirar do lado do vidro do motorista. Atirou várias vezes e saiu correndo. O Fusca ficou desgovernado e parou ali na frente. Depois de uns 40 minutos que tava uma confusão aqui, vi a moto passar bem rápido de novo. Acho que o assassino voltou para conferir”, contou a testemunha.

A vítima foi atingida por um tiro na cabeça, dois no braço e dois nas costas. O corpo foi encontrado no banco do carona e a polícia suspeita que Paiano ainda se locomoveu dentro do carro já que tudo indica que ele dirigia o veículo. Quando os socorristas chegaram o jovem já estava morto.

Um dos tiros atingiu uma casa vizinha, mas ninguém se feriu

Susto

Uma vizinha do local onde ocorreu o crime acordou assustada. Ela ouviu o barulho dos tiros e viu que uma das balas atingiu a janela do quarto dela. Felizmente o tiro não atingiu ninguém.

Familiares de Paiano estiveram no local e se desesperaram ao ver o corpo. Chorando muito, a mãe do jovem contou que ele foi vítima de uma emboscada. ” Ele recebeu uma ligação dizendo que um dos cavalos que ele cuida estava na rua. Ele saiu dizendo que ia ver isso. Saiu de Fusca que tinha comprado há dois dias. Depois vem minha vizinha dizendo que ele estava morto. Meu filho foi vítima de uma emboscada. Armaram pra ele”, afirmou. Questionada se Paiano tinha inimigos, a mãe revelou que sim. “Ele tinha brigas antigas por causa dos cavalos e de bebedeira, mas nada disso era motivo pra tirar a vida do meu filho”, disse em prantos. O rapaz vivia em Santa Felicidade, em Curitiba.

A Delegacia de Almirante Tamandaré investiga o crime.