Um travesti de aproximadamente 25 anos foi encontrado assassinado na Estrada das Olarias, no bairro Santa Cândida, em Curitiba, no início da manhã deste domingo (6). A vítima aparentava ter realizado programas durante a noite, vestindo uma mini-saia e salto alto.

Antônio Nascimento – Banda B
Motivação para o crime é um mistério

A princípio, a polícia trabalhava com a hipótese de que a vítima fosse uma mulher, devido às marcantes características femininas dela, porém, os peritos do Instituto de Criminalística trouxeram à tona que a jovem loira na verdade era um travesti.

Antes de saber a verdade, o delegado Rubens Recalcatti, da Delegacia de Homicídios (DH), tratava o caso como o assassinato de uma garota de programa. “É uma moça jovem que foi morta a tiros. Ela pode ter feito um programa à noite e acabou sendo assassinada aqui mesmo. É uma moça de bom trato e está se mostrando toda, aparentando uma mulher que faça programa”, disse Recalcatti.

Depois de ser avisado que se tratava de um travesti, o delegado pondera até a hipótese de que ele tenha sido morto depois de um programa frustrado. Investigadores da DH apuram o caso.