Três casos de assassinatos foram registrados em Curitiba e região metropolitana na madrugada desta quarta-feira (20). Em um dos casos, uma jovem de 24 anos foi assassinada com quatros tiros e o ex-marido dela é suspeito do crime.

Suelen Priscila Monasterski, de 24 anos, foi assassinada com quatro tiros por volta da 1h de hoje, na Travessa Roberto de Oliveira, no bairro Tatuquara, em Curitiba.

De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, da Delegacia de Homicídios de Curitiba (DH), que investiga o caso, Suellen era usuária de drogas, mas pagava as contas aos traficantes em dia. Como vinha sofrendo ameaças do ex-marido, ele será investigado. “Eles tinha alguns atritos e por isto pode ser sim um crime passional”, informou.

No Hauer

André da Silva Cavalheiro, 28 anos, foi assassinado a tiros, na Rua José Hauer, próximo ao Canal Belém, por volta das 2h dessa madrugada. O corpo estava no meio da rua e a DH começa as investigações deste caso do zero. “Possivelmente ele foi só desovado ali. Nenhuma testemunha apresentou-se”, contou Recalcatti

Dentro do carro

Rafael Alves de Souza, de 19 anos, foi assassinado por volta das 2h na Rua Luiz Grochosky, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Ele estava no banco do motorista de um Palio vermelho e levou quatro tiros.

De acordo com o guarda municipal Célio, o atirador possivelmente era o carona do carro. “Os moradores ouviram os tiros e disseram que viram um rapaz saindo correndo. Provavelmente o autor dos tiros estava no carro”, contou.

A Delegacia de São José dos Pinhais investiga o caso.