Drogas para o ano inteiro. Um jovem de 21 anos foi preso em flagrante na noite desta terça-feira (5) pela Polícia Federal com 1 quilo de maconha. O detido disse aos policiais que a droga ‘era um estoque para o ano inteiro de consumo’. A desculpa não colou e a prisão aconteceu no bairro São Braz em Curitiba.

Com ele a polícia apreendeu um revólver calibre 22, R$ 1 mil em dinheiro, R$ 500 em notas falsas, além da droga. De acordo com a Polícia Federal, uma denúncia anônima revelou que o local era usado para a venda de entorpecentes.

“Assim que a equipe chegou ao local indicado viu uma ação estranha na casa. Um entra e sai, fora do normal. Quando ele saiu da casa nós fizemos a abordagem. Ele tinha uma pequena quantidade de maconha e confessou que dentro da casa tinha mais”, contou o delegado Marco Smith, que comandou a operação. A polícia encontrou um quilo de maconha, uma balança de precisão e ouviu o jovem justificar a droga. “Ele disse que era estoque para usar o ano inteiro. Engraçado que ele não tem renda, não tem emprego, não tem dinheiro nem comer direito, mas tem dinheiro pra fazer estoque de um ano para a maconha. É, não colou”, finaliza o delegado.

O jovem foi levado à delegacia e foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e tráfico de drogas.

Cidade Industrial

Uma denúncia levou policiais da ROTAM do 13° Batalhão de Polícia Militar até um depósito de carvão que era usado para vender drogas no Caiuá, Cidade Industrial de Curitiba. A ação policial aconteceu durante a noite desta terça-feira (5) na rua Dr. Emir Roque Dória.

Uma mulher acabou detida acusada de tráfico de drogas. Ana Maria Ferreira da Silva, 30 anos, guardava uma quantidade de droga e dentro da casa, foi apreendido um total de 1.200 pedras de crack e 600 buchas de cocaína. O tenente Edwagner, da ROTAM do 13° BPM disse que a mulher pode ser uma distribuidora da droga, pela forma como o entorpecente era vendido. “Acreditamos que a suspeita não vendia no varejo, mas vendia para outras pessoas vender a droga. Era vendido em pacotes”, contou.

Ana Maria Ferreira da Silva foi encaminhada ao CIAC-Sul e foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.