Com o marido preso por tráfico de drogas, a jovem Karolin de Souza, 22 anos, resolveu dar continuidade a venda ilícita de entorpecentes em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, e também acabou atrás das grades. A prisão da suspeita aconteceu no final da tarde desta quinta-feira (16).

As denúncias de tráfico de drogas continuavam na região, mesmo com a prisão de um traficante – que seria o marido de Karolin. A Polícia Militar (PM) resolveu fazer uma abordagem na região e conseguiu flagrar a garota dentro de casa, na rua Amazonas, no Jardim dos Estados, com várias drogas. Ela tinha crack, maconha e cocaína. Ao ser detida, assumiu que vendia a droga para usuários da região.

“De novo, voltamos a receber denúncias anônimas e, então, fomos fazer uma nova abordagem. Encontramos com a detida uma quantidade de drogas e notas que totalizavam R$ 3.275”, contou o sargento Mattos que realizou a prisão.

De acordo com o sargento, ela confessou a venda da droga. Karolin não possui antecedentes criminais. Ela foi encaminhada a Delegacia de Piraquara para ser autuada em flagrante por tráfico de drogas.

Curitiba

No Centro Cívico, um suspeito foi abordado próximo ao Círculo Militar pela Guarda Municipal (GM). Luiz Fernando Scantanburlo, 24 anos, tem várias passagens pela polícia por tráfico de drogas. Ele também responde por receptação e tem um mandado de prisão por roubo.