Alencar Pereira – Diário do Sudoeste
Casal morreu na própria casa em que morava

A Polícia Civil de Pato Branco, região sudoeste do Paraná, prendeu durante a manhã desta segunda-feira (25) o suspeito de ter matado no último sábado o casal Mayara Schuster da Cruz, de 18 anos e, Aldrei Baomer de Souza, de 24. O crime aconteceu na casa em que eles moravam na cidade de Coronel Domingos Soares.

O detido é irmão de criação de Aldrei. Ele poupou o sobrinho de seis meses, que ficou na casa durante mais de duas horas ao lado dos corpos dos pais. Mayara foi esfaqueada e Aldrei estrangulado, de acordo com a Polícia Civil.

Mayara é filha de Laércio Casagrande da Cruz, vereador e presidente da câmara do município. Os dois foram encontrados mortos às 9h de sábado pela irmã de Aldrei. O suspeito está preso e será interrogado durante a tarde de hoje. A Polícia Civil apenas adiantou que ele fez isto porque tinha ciúmes do irmão de criação. O motivo deste sentimento não foi descrito pela polícia.

Os corpos dos empresários foram velados na Câmara Municipal de Coronel Domingos Soares. A cidade está em luto.