Da Redação

Duas pessoas já foram presas por policiais civis da Delegacia de Crimes de Internet (Cibercrimes) de Curitiba durante investigações de uma suspeita de crime de pedofilia na internet. De acordo com nota divulgada pela Polícia Civil nesta segunda-feira (7), no último mês de setembro, quatro mandados de busca e apreensão em residências nas cidades de São Paulo, Itanhaém, Registro (ambas no interior paulista) e Almirante Tamandaré, na região metropolitana.

De acordo com delegado Demetrius Gonzaga de Oliveira, uma das diligências feitas pela polícia foi após uma denúncia realizada pelos pais de uma criança de nove anos. Diogo César Rosa Fernandes Asnar e Reginaldo Miguel Goras foram indiciados.

De acordo com informações levantadas pela polícia, Asna, tentou aliciar a vítima com intuito de que a criança aparecesse nua na frente da webcam, enviando a ela diversas imagens e vídeos contendo crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito. Já Goras é suspeito de aliciar uma criança de 11 anos enviando fotos pornográficas online para a vítima.

Os suspeitos foram indiciados e estão à disposição da Justiça.