Inconformado com a separação, um pedreiro de 25 anos, morador no bairro Jardim Monte Castelo, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, tomou uma atitude drástica por volta das 20h desta quarta-feira (15). O rapaz se trancou dentro de casa, abriu o gás de cozinha e com uma faca a todo o tempo ameaçava se matar ou explodir a residência. O final da história, quase seis horas depois, não foi trágico por conta de uma ação rápida do Batalhão de Operações Políciais Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM).

O tenente Nunes, do Bope, que esteve na situação, contou como tudo aconteceu. “Ele invadiu a casa e queria trancar a família também, mas quem estava lá conseguiu sair. A todo o momento ele pedia pela ex-esposa e dizia que iria se matar, colocando em risco até mesmo os vizinhos próximos”, contou.

Como o rapaz não se entregava, foi necessária uma ação rápida por parte do Bope. “Esperamos o momento certo e entramos na casa, conseguindo imobilizar o rapaz. Ele foi atendido pelo Siate e prontamente encaminhado a uma clínica psiquiátrica. Uma situação complicada que se estendeu por várias horas, mas não teve um final trágico graças ao trabalho dos policiais”, concluiu.