Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Uma idosa de 73 anos foi vítima do golpe do bilhete premiado na região do bairro Cajuru, em Curitiba, na tarde desta quinta-feira (20). Ela entregou para dois marginais R$ 4,6 mil que tinha na poupança, por achar que ganharia R$ 100 mil em troca.

“Eu estava no terminal e encontrei uma moça que disse que estava lá para procurar por um cara que devia dinheiro. Ela disse que estava com um bilhete premiado no valor de R$ 1,9 milhão. Depois outro rapaz chegou e fingiu que ligou para a lotérica confirmando que o bilhete era premiado, só que ele era comparsa da moça”, explicou a idosa.

A vítima também descreveu que o rapaz entregou um pacote com dinheiro em troca do bilhete e pediu para ela fazer o mesmo. “Eu acabei indo de carona com eles até uma agência da Caixa sacar o dinheiro, porque ela falou que me daria R$ 100 mil. Então na volta paramos em frente a uma padaria, onde eles disseram para eu descer comprar água. Eu fui e quando voltei os dois fugiram”, destacou.

A idosa chorava bastante durante a entrevista à Banda B. “Eu sou do interior e vim até Curitiba para o aniversário da minha irmã, não achava que era um golpe”, lamentou.

A Polícia Militar (PM) realizou Boletim de Ocorrência do caso, que será investigado pela Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas.