Por Denise Mello e Ricardo Vieira

A vida deu uma segunda chance a um homem de 27 anos que havia saído de casa na noite desta terça-feira (9) para comprar arroz. A vítima, um ex-detento, foi baleada no braço ao ser cercada por dois atiradores de bicicleta na rua Antonio Andriguetto, no Uberaba, em Curitiba. Segundo a PM, ele só não morreu porque a pistola de um dos atiradores travou. O rapaz apenas levou um tiro no braço e conseguiu fugir.

Em entrevista à Banda B, o sargento Sklar, do 20º Batalhão da PM, contou a versão da vítima ao receber o atendimento dos socorristas. “Ele contou que saiu para comprar arroz e, no caminho, foi cercado por dois homens encapuzados de bicicleta que começaram a atirar. Para sorte dele, o que estava armado com uma pistola atirou uma vez e a arma travou. O outro, armado com um revólver calibre 38, conseguiu acertá-lo no braço esquerdo. Ele contou ainda que conseguiu se esconder atrás de uma árvore e correr para uma lanchonete em busca de abrigo. Os atiradores fugiram”, disse o sargento.

A tentativa de homicídio aconteceu por volta das 19h45. A polícia investiga o caso e trabalha com a hipótese de acerto de contas. Segundo o sargento Sklar, o homem de 27 anos tem passagens por assalto à mão armada, fuga e rebelião em presídio. Ele foi encaminhado ao hospital em estado moderado.