Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

Um homem encapuzado invadiu a residência de um ex-presidiário de 38 anos e abriu fogo contra ele na noite deste domingo (10), no bairro Pinheirinho, em Curitiba. José Carlos Martins passou anos no sistema prisional até ser morto dentro de casa. Martins teria ‘passado a perna’ em uma quadrilha, que voltou para se vingar depois de muito tempo.

A vítima estava na sala da casa dele, na rua Jacob Andreata, na Vila São Carlos, quando um homem encapuzado invadiu o local e disparou três tiros. A companheira de Martins viu o crime e foi poupada pelos assassinos.

O investigador Carlos Henrique da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) contou à Banda B que a família suspeita que a motivação possa ter algo com o passado. “A vítima era conhecida como Zé e tinha diversas passagens e prisões. Logo que saiu do Exército passou para o mundo do crime. As informações são que ele, no passado, roubou de uma quadrilha na divisão dos produtos e dinheiro de assalto”, descreveu o investigador.

Também, a vítima teria cometido um homicídio há anos e o irmão dessa vítima teria se unido à quadrilha para se vingar de Martins. Há testemunhas que poderão identificar o atirador. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A DHPP investiga o crime.