Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

hauer

Tiros foram disparados no meio da rua. Foto: DB/Banda B

Um homem foi morto no fim da tarde desta segunda-feira (5) em uma suposta tentativa de assalto a loja Pernambucanas que fica na Avenida Marechal Floriano Peixoto, no bairro Hauer, em Curitiba. Rafael Endrigo Suzuki, 40 anos, saiu da loja com dois celulares furtados e foi perseguido pelo segurança, que atirou três vezes contra ele. Suzuki morreu na hora. O segurança foi preso em flagrante.

A tentativa de furto aconteceu por volta das 18 h30 e, segundo informações dos funcionários da loja, o homem saia da loja com esses dois celulares quando foi abordado pelo segurança. Ele, então, teria saído correndo, na tentativa de fugir, mas foi alcançado segurança que efetuou três tiros: um deles atingiu o pescoço do homem, que morreu na hora.

assaltante-hauer

Homem fez menção de estar armado. Foto: DB/Banda B

O perito do Instituto de Criminalista esteve no local e encontrou uma marca de arma branca (faca, canivete) na região da costela da vítima. No entanto, o segurança afirmou que não esfaqueou o suposto ladrão e disparou para tentar impedir que ele fugisse. Não há informações se o ferimento por arma branca aconteceu antes ou depois dos disparos do segurança.

Testemunhas tentaram linchar o segurança sob alegação de que o suposto ladrão seria, na verdade, um homem trabalhador. Ele não possui passagens pela polícia, mas os dois celulares da loja estavam com ele.
A Polícia Militar não conversou com a imprensa, mas informou que a empresa possui todos os documentos de registro do funcionário. “O suposto ladrão simulava estar armado e quando saiu da loja com dois celulares foi abordado pelo segurança, que tentou fazer com que ele parasse. Na negativa e já correndo, ele disparou contra o homem, que caiu no chão ainda fazendo menção de estar armado”, disse o delegado Vilson Alves de Toledo.

O segurança foi preso em flagrante e encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul). A arma foi apreendida. O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.