Um homem transtornado, que manteve a própria família refém durante a madrugada desta sexta-feira (22), no Jardim Bandeiras São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, foi baleado e morto pela Polícia Militar. Euflavio Souza Silva Júnior, 30 anos, tinha uma longa lista de passagens pela polícia. Os reféns estão bem.

Testemunhas contaram que o homem entrou em casa, na rua Sérgio Brito, armado e ameaçando quatro pessoas da família que estavam no local. De acordo com a Polícia Militar ele era usuário de droga e estava surtado naquele momento. Policiais iniciaram uma negociação, mas Júnior estava agressivo e teria atirado contra os policiais. Foi então que houve o revide e ele foi atingido por disparos da PM.

“A família disse que ele usava diariamente drogas e isso pode ter deflagrado esta situação”, disse o tenente Pedro do 17° Batalhão da Polícia Militar. Junior tinha passagens por tráfico e porte ilegal de arma. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.