Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Um homem de 37 anos, identificado como Luiz Carlos Prestes Dias, tem muito a agradecer pela rigidez de seu couro cabeludo. Na manhã desta quinta-feira (15), na Rua Omar Raimundo Pichett, o rapaz levou um tiro na cabeça e não morreu. De acordo com os socorristas do Siate do Corpo de Bombeiros, a bala alojou no couro da cabeça e a vítima teve apenas ferimentos superficiais.

Uma testemunha destacou à Banda B que o rapaz simplesmente apareceu na rua pedindo ajuda. “Acho que ele foi baleado em outro local. Não o conheço, mas na hora já chamei a Polícia Militar (PM). Prefiro nem me identificar para não me comprometer, porque aqui a região é violenta”, descreveu.

A vítima foi encaminhada ao Hospital do Trabalhador e as investigações do caso ficam a cargo da Delegacia de Homicídios de Curitiba (DH).