Vizinhos levaram ferido para UPA, mas ele não resistiu. Foto: Divulgação

 

Uma tragédia no interior da Lapa, na localidade de Alves Cardoso, região metropolitana de Curitiba, deixou uma família desolada no começo da noite dessa segunda-feira (29). O mecânico Silvestre Rybinski, 43 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo efetuados pelo próprio irmão, que tinha como alvo outra pessoa. A vítima foi socorrida pelos vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos. O irmão dele fugiu e ainda não foi encontrado.

De acordo com a Polícia Militar, Silvestre é dono de uma oficina mecânica e estava trabalhando normalmente quando um cliente, que teria um rixa antiga do irmão, entrou no local pedindo um orçamento. O irmão se irritou com a chegada desse homem e sacou uma arma. Para evitar a confusão, Silvestre se colocou à frente do cliente, mas o irmão disparou.

Socorristas do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foram acionados, mas vizinhos o transportaram até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da cidade. “Quando chegamos lá, o pessoal disse que a vítima já tinha sido transportada para a UPA por causa dos ferimentos. Ele foi atingido por três tiros. O irmão estava sendo procurado pela polícia”, descreveu o soldado Lemes, do Siate.

Embora os esforços dos vizinhos no socorro, Silvestre não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA. Silvestre era casado e tinha três filhos. A PM fez buscas nas proximidades, mas até o final da noite dessa segunda-feira (29) não teria encontrado o suspeito. O caso foi entregue à Polícia Civil do Município, que investiga o caso.