Um homem de 27 anos chorou depois de ser preso pela Polícia Militar quando foi flagrado usando na cintura um revolver calibre 32. O suspeito foi abordado durante a noite desta terça-feira (23) por policiais do 23º Batalhão na Rua Rui Fonseca Itiberê da Cunha, na Vila Resistência, na Cidade Industrial de Curitiba.

Juliano Cunha – Banda B
Arma foi apreendida

Segundo a polícia, ao ser flagrado com a arma, o homem recebeu voz de prisão e começou a chorar dizendo que precisava ajudar o pai que está doente. Ele também afirmou que tinha a arma para defesa pessoal, conforme destacou à Banda B o soldado Dudek. “Este rapaz estava parado em uma esquina e quando viu nossa equipe saiu correndo. Foi abordado e disse que a arma era para sua segurança, mas esta história não colou”, contou.

O suspeito, que seria usuário de drogas, é investigado por assaltos na região. “Aqui é um local em que acontecem muitos assaltos na região da Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira e este rapaz pode estar envolvido neles”, destacou o soldado.

O suspeito, sem choro e nem vela, foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma no Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul, no bairro Portão, em Curitiba.