Da Redação com Polícia Civil

Um jovem de 24 anos foi preso na tarde deste domingo (19) pela Polícia Civil de Matinhos. Ele é acusado de estuprar uma menina de três anos nas dependências do campus litoral da Universidade Federal do Paraná (UFPR), neste sábado (18).

(Foto: Divulgação)

De acordo com a polícia, o jovem  acompanhava um grupo de estudantes de outra cidade que realizavam um curso na Universidade. Ele tinha a função de cuidar dos filhos de alguns dos alunos enquanto estes participavam das atividades acadêmicas. Foi então que, na noite de ontem, a mãe de uma das crianças constatou que sua filha apresentava lesões e sangramento na região genital.

Com isso, a mãe procurou atendimento hospitalar e dirigiu-se à Polícia Militar (PM), que encaminhou o caso à Polícia Civil. Ao longo da noite, foram realizadas diligências e a autoridade Policial representou, nas primeiras horas da manhã, pela prisão do jovem, morador em Quedas do Iaguçu, interior do Paraná, e que estava prestes a fugir.

De posse do mandado de prisão, os policiais dirigiram-se ao campus da UFPR e efetuaram a prisão do acusado, que não esboçou nenhuma reação. Após inicialmente negar o crime, ele acabou confessando o crime, assumindo que, de fato, praticou o abuso contra a criança.

Segundo o delegado Max Dias Lemos, de Matinhos, foi um trabalho excepcional de toda a equipe da delegacia, que não mediu esforços para que o caso fosse solucionado. Ainda de acordo com o delegado,  a prisão foi decretada pelo prazo de 30 dias, prorrogáveis por mais 30 (por tratar-se de crime hediondo) sendo esse o prazo, portanto, em que o inquérito policial deverá ser concluído e encaminhado para o Poder Judiciário.