A calmaria vivida em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, que ficou mais de um mês sem homicídios, acabou na madrugada desta segunda-feira. Leonardo Lourenço de Oliveira, de 29 anos, foi executado com mais de quatro tiros na residência em que morava. De acordo com a Polícia Civil, o crime tem relação com o tráfico de drogas.

“Este rapaz não tinha antecedentes criminais, mas sabemos que a motivação é de fato um rolo que ele tinha por conta das drogas. Já temos o nome do suspeito, que não será dado para não atrapalhar as investigações. Posso adiantar que este rapaz já é procurado por outro homicídio que cometeu”, contou o superintendente Itamar, da Delegacia de Fazenda Rio Grande.

Outros dois municípios da região metropolitana,Mandirituba e Agudos do Sul,seguem há mais de um mês sem nenhum assassinato.