Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha

campodesantana07092013

No local da ocorrência (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Um corpo em decomposição foi encontrado em uma chácara na tarde deste sábado (7) no final da Rua Guido Jorge de Souza, no bairro Campo de Santana, em Curitiba. Quem acionou a Polícia Militar (PM) foi um homem que havia invadido a propriedade particular para cortar um pedaço de bambu, provavelmente para fabricar uma vara de pescar.

O local em que o corpo foi encontrado é plano e limpo o que, segundo Toni Veiga, proprietário da chácara, é propício para a realização de ilegalidades. “Nós moramos há muito tempo aqui e não temos como ter controle de quem entra ou saí. Eles aproveitam por ser um terreno limpo para fazer qualquer tipo de coisa à noite, já que ninguém vai ficar sabendo. Não percebi nenhuma movimentação estranha nos últimos dias”, destacou à Banda B.

Veiga criticou o baixo número de policiais na região. “É uma Unidade do Paraná Seguro (UPS) para 100 mil pessoas aqui na região. Os PMs fazem o que podem, mas não tem como estarem em todos os lugares. Os marginais vem aqui usar drogas e afins. É complicado”, descreveu.

O corpo, juntamente com as vestimentas, foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).