Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

crime-uberlandia05092013

Testemunhas viram vítima correr, mas não sabiam detalhes sobre autor. Foto: JC/Cunha

Moradores da Vila Uberlândia, no bairro Novo Mundo, em Curitiba, ouviram tiros na noite desta quarta-feira (4) e encontraram Daniel Godoi de Paula, 32 anos, morto com ferimento na cabeça. O crime aconteceu na Travessa Ilha de Itacolomi, esquina com a Rua José Alcides de Lima. Pai suspeitava que filho usava drogas, mas disse a Delegacia de Homicídios que não sabia da vida do filho.

Rastros de sangue na rua indicavam que a vítima tentou fugir, mas foi perseguida. A tenente Maria Cecília, do 13° BPM, explicou que testemunhas viram o homem correr, mas sem detalhes sobre o autor. “Os vizinhos escutaram os disparos e logo viram o senhor morto na rua. O Siate chegou, mas ele já estava morto. Algumas pessoas disseram que viram a vítima correndo e logo em seguida ouviram os disparos, mas quanto à autoria, nada foi repassado”, contou.

A irmã da vítima foi até o local e fez o reconhecimento do corpo.  O pai do rapaz também acompanhou os trabalhos da Criminalística de longe, em silêncio. Questionado por policiais da Delegacia de Homicídios sobre a vida do filho, o pai se limitou a dizer que sabia pouco, mas que suspeitava do consumo de drogas.  O caso que será investigado pela DH de Curitiba.