Foto: Bruno Henrique/Banda B
Suspeito se apresentou como policial militar

Um homem de 47 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (8), na região de Borda do Campo, em São José dos Pinhais, por suspeita de extorsão. Lucio Feliz se apresentava aos comerciantes e moradores do bairro como tenente da Polícia Militar do Paraná. Ao ser preso, ele apresentou uma carteirinha de soldado e negou que estivesse praticando extorsão. O que complicou a vida dele foi o fato da polícia ter encontrado em seu carro centenas de cheques, com valores entre R$ 200 e R$ 350 mil.

A prisão aconteceu depois que a delegacia de São José dos Pinhais recebeu várias denúncias de que um homem, que se identificava como Tenente Junior da PM, estaria ameaçando comerciantes e moradores e exigindo dinheiro. A polícia conseguiu localizar e prender o suspeito dentro do carro que usava para circular pela região.

Carteirinha de PM e um revólver foram apreendidos

Ao ser abordado, Feliz mostrou uma carteira de policial militar e negou qualquer irregularidade. Ainda assim, não conseguiu explicar a origem das centenas de cheques que carregava no carro. O suspeito se negou a dar entrevistas e disse que só fala diante do juiz. Com ele, a polícia apreendeu também um revólver calibre 38 em nome de outra pessoa, com registro cassado.

Até o fechamento dessa reportagem, a polícia não havia conseguido localizar nenhum registro de que Lucio Feliz seja, de fato, um policial militar, mas como a carteirinha apresentada por ele é de uma perfeição impressionante, já foi pedida uma avaliação do documento à perícia técnica.

A polícia aguarda agora que as pessoas que, supostamente teriam sido extorquidas por ele, apareçam para registrar queixa e fazer o reconhecimento. Os donos dos cheques apreendidos com o suspeito também deverão ser chamados para depor.