Um homem de 53 anos que foi preso acusado de receptação na tarde de quarta-feira (16) em Toledo, já tinha uma longa ficha criminal.

De açor do com a Polícia Militar, Givaldo da Silva, de 53 anos, estava com uma moto roubada e uma máquina serralheira quando foi preso por guardas municipais. Ao consultar o sistema, os policiais descobriram que contra ele existia um mandado de prisão em aberto expedido pela Comarca de Guaraniaçu, em um processo de crime ambiental.

Givaldo chegou a dar um nome falso, mas assim que foi localizada a verdadeira identidade do acusado a polícia verificou que ele já possuía passagens por crimes em Umuarama, Guaraniaçu, Laranjeiras do Sul, Cascavel, Nova Esperança, Catanduvas,Palotina, Xambrê, Curitiba e, agora, Toledo. Os antecedentes do homem resultaram em 50 folhas, praticamente um livro.

A foto do suspeito pode ser vista noPortal Catve.tv.